3 motivos pelos quais sua estratégia de emagrecimento não está funcionando

A falta de informação, fontes nutricionais não confiáveis e dietas drásticas que prometem mundos e fundos geralmente são os atalhos que mais desviam as pessoas de seu foco – o emagrecimento.A falta de informação, fontes nutricionais não confiáveis e dietas drásticas que prometem mundos e fundos geralmente são os atalhos que mais desviam as pessoas de seu foco – o emagrecimento.

Por esse motivo, a CEO da Clínica Pazos, Dra. Fátima Pazos, fisioterapeuta ortomolecular e dermatofuncional, que há 15 anos transforma mulheres em beldades, explica 3 motivos – cruciais – que podem estar atrapalhando sua estratégia de emagrecimento de chegar a resultados positivos e significativos. Fique atento às informações para não cometer esses erros ou parar de ir por esse caminho se já estiver nele.

1. Achar que precisa se matar de fazer exercício para queimar gordura

Para quem acha que correr 10 quilômetros por dia queima gorduras mais rapidamente está enganado.O trio energético de nosso corpo é composto pelos macronutrientes – carboidratos, gorduras e proteínas. Em treinos mais puxados numa academia, nosso organismo irá preferir utilizar o carboidrato, por se tratar de um exercício que requer muita intensidade em pouco tempo.Já em uma caminhada, um exercício de maior duração e que requer menos esforço físico, o corpo irá utilizar a gordura. Nosso organismo é seletivo e inteligente. Com esse pequeno exemplo, entendemos que, fazer uma caminhada queima mais gordura, que é o primeiro passo para o emagrecimento.Após atingir um peso mais próximo do ideal e consultar um médico para dar o aval, você poderá fazer treinos mais puxados na academia se busca por definição muscular e hipertrofia.

2. Parar de comer quase tudo o que gosta

Dietas existem sim e muitas delas são bastante eficazes, contudo, cada caso é um caso. Cada pessoa possui necessidades energéticas diferentes, isso porque a rotina de cada pessoa é diferente, assim como seu tipo físico.Por isso, antes de cortar as massas, chocolates e todos os tipos de carne, recorra primeiro a um nutricionista. Ele fará a melhor avaliação e irá propor uma dieta ideal dentro do seu contexto.Em segundo lugar, o emagrecimento eficaz é aquele que, após a perda de peso significa, permanece. Ou seja, o hábito de comer bem e levar uma vida saudável deve continuar mesmo depois da dieta. Isso evitará que os quilos perdidos voltem todos de uma só vez.

Use algumas de nossas dicas rápidas:

• Preencha a hora do lanche com uma fruta que sacie a fome (como banana, por exemplo) ou um ovo cozido;

• Evite se alimentar de alimentos processados o dia inteiro e procure cozinhar o máximo possível;

• Substitua o óleo de soja por azeite de oliva no preparo das refeições.

E por aí vai.

3. Ficar estressado constantemente e dormir mal

Dormir mal auxilia no ganho de peso. Então, se sua estratégia de emagrecimento não inclui melhorar a qualidade do seu sono, provavelmente alguma coisa vai sair errada.Uma boa noite de sono, além de queimar calorias, reduz o estresse e a produção do hormônio a ele associado, o cortisol. O cortisol é conhecido como o hormônio do estresse e é responsável por dificultar a queima de gordura. Portanto, dormindo bem e escolhendo atividades relaxantes sempre que possível você está contribuindo com o seu emagrecimento saudável

Então, a partir de agora, mude essas três atitudes e analise os efeitos. Com certeza, os resultados positivos em sua estratégia de emagrecimento serão alavancados!